Temperaturas chegarem a – 67ºC em região da Rússia

Anastasia Gruzdeva mostra os cílios congelados pelo frio de 50 graus negativos na região de Yakutia, na Rússia, em foto de domingo (14) (Foto: sakhalife.ru photo via AP)

Os termômetros registraram as temperaturas negativas na região russa de Yakutia, que atingiu -67 ºC em algumas áreas na terça-feira dia 16 de janeiro.

A região que fica a cerca de 5.300 km de Moscou e possui 1 milhão de habitantes, os estudantes costumam ir à escola mesmo quando a temperatura chega a – 40ºC. Porém, nesta terça-feira as aulas foram canceladas e a polícia mandou os alunos ficarem em casa.

Em um dos lugares habitados mais frios do planeta, vila de Oymyakon, a TV estatal russa mostrou mercúrio vazando de um termômetro que só consegue medir temperaturas até os 50°C negativos. Em 2013, Oymyakon registrou um recorde histórico de – 71ºC.

Dois homens morreram congelados no final de semana quando tentaram caminhar até uma fazenda depois que o carro deles quebrou.

Moradores da região estão acostumados com o frio e a onda desta semana sequer dominou as manchetes desta terça.

Compartilhe

Comentários